Pronunciamentos

07/10/2015 - Pronunciamento sobre violência e atraso na convocação dos aprovados no concurso da Polícia Civil

Após recebermos comitiva de concursados da Polícia Civil do Ceará em nosso gabinete, pedimos nesta sexta-feira, na tribuna da Assembleia, que o governador Camilo Santana tenha sensibilidade e não adie a convocação para o curso de formação dos candidatos aprovados. Fortaleza é hoje a cidade mais violenta do país e um dos fatores que mais favorecem esse cenário é a impunidade. Precisamos de um efetivo de 7 mil policiais civis e contamos apenas com 2 mil. Há um déficit que compromete as investigações. Com a certeza da impunidade, o homicida continuará matando!

Mais pronunciamentos

31/10/2017
27/10/2017
24/10/2017
24/10/2017
veja mais