Pronunciamentos

28/06/2016 - Pronunciamento sobre resultados das investigações do esquema dos empréstimos consignados no Ceará

Em nosso pronunciamento na sessão plenária desta terça-feira (28), na Assembleia Legislativa, voltamos a cobrar um resultado para o caso dos empréstimos consignados no Ceará, denunciado por nós em 2011 durante o governo de Cid Gomes e que segue sem a punição dos envolvidos nas irregularidades. O esquema segue o mesmo procedimento do de São Paulo, que resultou na prisão de Paulo Bernardo, na última semana. O Paulo Bernardo do Ceará não está preso ainda. Nem o ex-secretário Arialdo Pinho nem seu genro, o  Zé do Gás, que foram os saqueadores dos bolsos dos servidores. Ao longo dos anos, esse esquema montado pelo ex-governador Cid para patrocinar amigos, somou de prejuízo para os servidores em torno de 150 milhões de reais. O Paulo Bernardo por 7 milhões está preso. À época da denúncia, tentamos instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), sem sucesso, e encaminhamos o caso para o TCE e Ministério Público. A ação ainda tramita na Justiça sem resposta. Pedimos que o Ministério Público insista nessa investigação. O que aconteceu foi um escárnio com os servidores e não pode ficar por isso mesmo.

Mais pronunciamentos

27/09/2017
22/09/2017
20/09/2017
13/09/2017
veja mais