Notícias

13/04/2017 - Paulo Cesar Norões: Sem quorum, sem debate

-

Deputado Tin Gomes (PHS), na qualidade de presidente da sessão de ontem da Assembleia Legislativa, conduziu mais uma falta de quorum para, propositadamente, não permitir a votação de requerimento para discussão, em audiência pública, do "caso dos Tatuzões" - proposta do deputado Odilon Aguiar (PMB). A oposição, claro, chiou. A bancada governista, no entanto, não deu ouvidos e abandonou o plenário. Pressionado pela oposição, o líder do governo na Assembleia, deputado Evandro Leitão (PDT), prometeu apresentar requerimento de sessão especial para discutir a compra e o não uso das tuneladoras adquiridas na gestão do ex-governador Cid Gomes. Elas custaram R$ 220 milhões e estão sendo corroídas pela ferrugem, segundo o deputado Heitor Férrer (PSB).

Providencial

Em boa hora, Comissão de Assuntos Econômicos do Senado decidiu que as Santas Casas de Misericórdia vão receber crédito especial subsidiado - uma bênção para instituições que existem para cuidar dos mais carentes. "Esses recursos irão possibilitar a melhoria do atendimento de milhares de brasileiros, que necessitam do Sistema de Saúde Pública", disse o senador Tasso Jereissati (PSDB), presidente da CAE.

Pegou geral

Dos nomes já postos para a disputa presidencial, em 2018, só Ciro Gomes, Marina Silva e Jair Bolsonaro ficaram de fora da lista do ministro Edson Fachin, do STF. Por outro lado, dos ex-presidentes vivos, ninguém escapou. Fernando Henrique, Sarney, Collor, Lula e Dilma, em instâncias diferentes, terão que se explicar na Justiça. Michel Temer também, mas só quando deixar o cargo.

Mais ágil

Tribunal de Contas do Estado julgou 70% de processos a mais no primeiro trimestre deste ano do que em igual período de 2016. Segundo o presidente Edilberto Pontes, é fruto da criação da Assessoria de Informações Estratégicas, que ajuda a identificar indícios de irregularidades e a prevenir e combater à corrupção, além de uma série de medidas para agilizar a análise das contas do Estado.

Sorriso

Vereador Dr. Porto (PHS) aprovou um Projeto de Lei que lhe é muito caro. Colocou no calendário oficial de eventos de Fortaleza a Operação Sorriso, que acontece todos os anos pelo Hospital Infantil Alberto Sabin, em outubro, e trata crianças com problema de má formação lábio-palatal. Dr. Porto é dentista conceituado e foi presidente do Conselho Regional de Odontologia, no Ceará.

Sofrimento

"Há crianças de Maranguape que andam duas horas e atravessam um riacho para pegar o ônibus escolar. Na volta é o mesmo sacrifício. Se seguirmos o exemplo daquele município da Região Metropolitana de Fortaleza não podemos confirmar que este é um país do futuro - muito menos do presente. Ministério Público está de olho no constrangimento e no sofrimento dos estudantes. Respeitem a Assembleia Legislativa"
Fernando Hugo, deputado estadual (PP) da base governista, ao se referir ao excesso de pedido de urgência por parte do líder do Governo, Evandro Leitão (PDT).

Tem mais...

No dia em que Fortaleza comemora 291 anos, Mauro Benevides relembra que a longa carreira política dele foi toda construída na capital cearense.

Inclusive na disputa pelo Senado, em 1974, quando surpreendeu ao ser eleito pelo MDB, em pleno regime militar, com os votos da capital. Retribuiu na luta pela volta da autonomia política das capitais, que voltou a eleger seus prefeitos a partir de 1985.

Câmara Municipal de Porteiras, no Cariri, aprovou voto de repúdio ao presidente Michel Temer, pelas propostas de reformas da Previdência Social e da Lei Trabalhista. A iniciativa foi do presidente daquela Casa, vereador Marcondes Gomes (PDT). Se a moda pega...

Fonte: Diário do Nordeste

Mais notícias

14/11/2017
07/11/2017
21/11/2017
14/11/2017
veja mais