Notícias

02/03/2017 - Heitor denuncia despesa de 140 mil com energia para CFO enquanto hospitais fecham as portas

Nos retornos aos trabalhos na Assembleia Legislativa após o carnaval, nesta quinta-feira (02), o deputado estadual Heitor Férrer (PSB) voltou a subir na tribuna para lamentar e cobrar soluções para a crise na Saúde Pública no estado do Ceará. O parlamentar destacou em seu pronunciamento as manchetes dos jornais cearenses nos últimos dias sobre a suspensão dos atendimentos a novos pacientes do SUS no Instituto do Câncer do Ceará - ICC.


“Eu guardei as manchetes dos nossos principais jornais, mas no período carnavalesco elas se desmancham. O hospital está sendo forçado a suspender o atendimento porque não tem dinheiro, não é feito o repasse. Quando a direção do ICC vai a público e o jornal traz o assunto como manchete em letras garrafais, é porque é muito grave”, disse.


Heitor resgatou os gastos do Governo com obras ainda inacabadas e consideradas não prioritárias para a população, como a construção do Centro de Formação Olímpica (CFO), do Acquario do Ceará e a compra dos tatuzões para a construção da Linha Leste do Metrô de Fortaleza.  “Quando se gasta de maneira supérflua falta para o principal. Quando se joga no lixo recursos públicos porque a prioridade da população não é aquela, vai faltar para as prioridades. Nos corredores dos hospitais nós temos as vacas magras morrendo por desassistência, por incúria de um Estado que não priorizou a saúde pública”, lamentou.


O parlamentar informou que o assunto será debatido nas Comissões da Assembleia. “Nós vamos debater a crise na Saúde Pública do estado do Ceará, que é nossa obrigação, porque não podemos ficar de braços cruzados vendo as pessoas sendo condenadas à morte sem uma solução e como se nada estivesse acontecendo”, disse.  

Mais notícias

14/11/2017
07/11/2017
21/11/2017
14/11/2017
veja mais