Notícias

22/02/2017 - Heitor critica gastos com obras inacabadas enquanto faltam recursos para a Saúde

O deputado estadual Heitor Férrer (PSB) criticou nesta quarta-feira (22), durante seu pronunciamento na Assembleia Legislativa, os gastos do Governo do Estado com obras supérfluas enquanto faltam recursos para a manutenção dos hospitais públicos. O parlamentar ressaltou o fechamento de três unidades hospitalares no interior e a ameaça de suspensão de atendimento a pacientes do SUS no Instituto do Câncer por falta de recursos, noticiados na imprensa nos últimos dias.

“O governo nega recursos para a saúde, mas esbanja para equipamentos supérfluos como um Centro de Formação Olímpica que, de porta fechadas, gasta 137 mil reais por mês de energia. Nós temos um equipamento onde vai se jogar futebol com ar condicionado e os pacientes do Ceará morrendo nas filas dos hospitais”, criticou.

Heitor resgatou os valores gastos pelo governo com as obras sem utilidade. “No Centro de Formação Olímpica, um elefante branco que nunca funcionou, o governador enterrou R$207 milhões. No Acquario, R$ 144 milhões. Com os tatuzões, que nunca cavaram um metro de buraco, foram R$ 137 milhões. Tirar do bolso do cearense esses milhões todos pra nada é bater na cara do cidadão. O que estamos assistindo é o enterro desses recursos públicos e 3 hospitais fechando as portas a partir de março porque não tem dinheiro para o custeio”.

Ele cobrou ainda que o Estado socorra os municípios onde os hospitais estão fechando. “É inaceitável que diante da falência desses hospitais públicos, o estado não socorra os municípios. Com certeza o cidadão que paga os seus impostos tem o direito à saúde e o poder público está negando esse direito. Não me importa aqui se é Estado, Município ou União”, disse.  

Mais notícias

25/09/2017
22/09/2017
20/09/2017
13/09/2017
veja mais