Notícias

01/11/2016 - Heitor lamenta situação de abandono do sistema socioeducativo do Ceará

O deputado estadual Heitor Férrer (PSB) repercutiu, em seu pronunciamento na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (01), matérias publicadas na imprensa sobre os centros socioeducativos do Ceará e que apontam que as unidades estão em piores condições do que os presídios estaduais. Segundo ele, há um total abandono da responsabilidade do Estado sobre os jovens.


“Se os jovens estão abandonados, cabe ao Estado resgatá-los e inseri-los socialmente. Mas essa função, lamentavelmente, o Estado não tem cumprido e nós, lamentavelmente, temos que dizer ao povo do Ceará que a responsabilidade é do governador Camilo, que é quem detém a chave do cofre e das políticas públicas. Nós lamentamos o fracasso e o abandono do Governo a nossas crianças”, disse.


Heitor lembrou que, em junho deste ano, a Assembleia Legislativa aprovou a criação da Superintendência Estadual de Atendimento Socioeducativo pelo Governo do Estado e que, passados cinco meses da aprovação, a situação é de penúria. “É função do Estado fazer a recuperação. A Assembleia cumpriu seu papel no momento em que aprovou a matéria do governador que cria a Superintendência Estadual de Atendimento Socioeducativo. Mas qual é o resultado prático que isso trouxe?”, cobrou.  


Para Heitor, situações como essa que trazem descrença na classe política. “É por isso que temos essa descrença. Roberto Cláudio foi reeleito prefeito de Fortaleza. Recebeu ⅓ dos votos, o Capitão Wagner também recebeu ⅓ e ⅓ não votou em ninguém. O candidato “ninguém”, que são os votos nulos, brancos e abstenção, somou ⅓ também, mostrando claramente a insatisfação dos cidadãos e cidadãs com os gestores públicos, que não têm dado as devidas soluções para os problema pelos quais passam as cidades, os estados e a União”, avaliou.   

Mais notícias

14/11/2017
07/11/2017
21/11/2017
14/11/2017
veja mais