Notícias

09/08/2016 - Heitor Férrer prepara programa 'enxuto'

Ao enfrentar uma disputa majoritária na Capital pela terceira vez, apontando a experiência de quatro mandatos de vereador e mais quatro de deputado estadual, o candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo PSB, o deputado estadual Heitor Férrer, afirmou, ontem, em visita ao Sistema Verdes Mares, que vai apresentar na campanha um programa de governo "enxuto", com propostas simples para atender demandas básicas do cidadão.

Um documento em fase de elaboração, com os principais eixos, será entregue até 15 de agosto à Justiça Eleitoral, prazo final para o pedido de registro de candidatura. Heitor destaca que as experiências em outras disputas e no Parlamento o credenciam para atrair um eleitor descrente no política. Para a campanha a partir do dia 16 de agosto, ele ressalta ter aprendido que deve ser mais incisivo nas caminhadas nos bairros, no fortalecimento da presença nas redes sociais e em um programa sincero.

"A sociedade vai ter do candidato Heitor Férrer um programa muito simples de ser entendido e muito fácil de ser atendido", argumentou. O postulante detalhou ter a pretensão de atacar problemas básicos da Capital e apostar em ações que já deram certo em áreas como atendimento médico, limpeza urbana, iluminação pública e medidas preventivas de segurança. Uma das ideias dele é fazer a maior instalação de câmeras da cidade, para tentar inibir a criminalidade.

"Devemos fazer um programa nesse sentido, de Fortaleza ser praticamente um 'Big Brother'", afirmou. "A Polícia será o último grito a ser dado; o que o administrador tem que fazer é evitar que a violência se instale a partir da omissão das políticas públicas", completou.

Nas ações de Segurança Pública, ele defende que o armamento da Guarda Municipal não é uma solução para os casos de violência e seu plano de governo deve se basear em estudos técnicos para definir a melhor saída para a questão. "O que resolve a violência são políticas de Segurança Pública nas mais diversas áreas, na Saúde, em Educação, Iluminação Pública, Moradia, Emprego, Lazer e Renda. Isso dá paz para a sociedade", disse.

Orçamento

Na área da Saúde, Férrer informou que deve fazer apenas um inventário dos postos de saúde para não deixar faltar medicamentos e profissionais de saúde. Nos Frotinhas e Gonzaguinhas, a intenção é ampliar o número de leitos para atender a periferia e desafogar o Frotão, o Instituto Doutor José Frota.

"Uma política muito simples de ser executada. O orçamento do município é uma soma de R$ 7 bilhões, o custeio da máquina e o pagamento dos servidores públicos leva R$ 6 bilhões, sobra ao ano R$ 1 bilhão. Prometer fora disso é mentira", argumentou.

Para colocar em prática as intenções de uma administração mais enxuta, Férrer afirmou que uma das maneiras será utilizar recursos e repasses da União, por meio de convênios.

Ele avaliou, ainda, que todos os oito postulantes à Prefeitura de Fortaleza são "bons", mas destacou o potencial do prefeito Roberto Cláudio (PDT) pela administração e por ter a força das máquinas municipal e estadual, com apoio do governador Camilo Santana (PT). Heitor também salientou não temer a limitação dos gastos de campanha e a permissão de doações apenas por pessoa física, uma vez que está "adaptado a essas condições".

 Fonte: Diário do Nordeste

Mais notícias

14/11/2017
07/11/2017
21/11/2017
14/11/2017
veja mais