Notícias

25/03/2016 - Capitão Wagner terá apoio do PSDB para disputar Prefeitura

Capitão Wagner (PR) terá o apoio do PSDB na sua candidatura à Prefeitura de Fortaleza, segundo apurou O POVO. A definição, após meses de conversas do deputado estadual com lideranças tucanas, foi confirmada por diversas fontes próximas às siglas, mas segue sem data oficial para anúncio.

A aliança encerra conversas de Heitor Férrer com o PSDB e fortalece movimento de oposição a Roberto Cláudio, que vem incrementando busca pela reeleição com aumento da bancada do PDT na Câmara Municipal.

Durante a tarde de ontem, Wagner esteve reunido com o presidente estadual do PSDB, Luiz Pontes. Mesmo sem confirmar definição, falou que na próxima segunda-feira se encontrará com técnicos da sigla tucana para discutir possível programa de governo em conjunto, em áreas como saúde e mobilidade urbana.

“Isso é uma prova muito forte de que o PSDB deve fechar conosco, as negociações já estão bem avançadas, inclusive já estou discutindo a chapa de vereadores com o diretório municipal do PSDB”, afirmou Wagner. O pré-candidato falou também sobre conversa ainda em curso com o PMDB, que ainda não decidiu se lançará nome próprio e discute apoio a ele.

De acordo com Wagner, a possível chapa com o PSDB ainda não está fechada. “Se o PMDB vier conosco, há a possibilidade de os dois partidos (PMDB e PSDB) discutirem quem ficará com o vice”, explicou. Fontes internas do PSDB, no entanto, afirmaram que já está acordado que a sigla ocupará o cargo, “independentemente de PMDB”.

Por afirmar que essa questão segue ainda “muito aberta”, Wagner não quis discutir nomes para possível vice. O quadro mais forte, no entanto, é o da presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará (Simec), Mayra Pinheiro. A médica se candidatou à Câmara dos Deputados em 2014. Outro nome possível é o vice-presidente do PSDB de Fortaleza, Paulo Angelim.

Heitor Férrer e PSDB

Quem também pleiteava o apoio de Tasso à Prefeitura era Heitor Férrer (PSB). De conversa com o PSDB desde o mesmo período em que a sigla começou as negociações com Wagner, Heitor afirmou que ainda não recebeu essa informação dos tucanos.
 

“Estamos buscando uma composição. Eu desejei muito, e ainda desejo, o apoio do senador Tasso, mas entendo qualquer decisão que o PSDB tomar”. O deputado estadual disse que o PSB tem conversado com siglas menores e ainda não possui chapa formada para a disputa.

A reportagem não conseguiu entrar em contato com lideranças do PMDB. 

Saiba mais


PMDB

O partido do senador Eunício Oliveira segue com rumos indefinidos, segundo apurou O POVO, embora com maior tendência a apoiar Capitão Wagner (PR)na disputa municipal. 

Se lançar nome próprio para o pleito à Prefeitura de Fortaleza, o do deputado federal Vitor Valim está entre principais, junto com o do vice-prefeito de Fortaleza, rompido com o prefeito Roberto Cláudio (PDT), Gaudêncio Lucena.

 RC e PT

Com apoio claro, embora não declarado, do governador Camilo Santana (PT), o prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio não conta com a mesma disposição do PT municipal. 

De reunião marcada para a primeira quinzena de abril, o PT pode mudar os rumos da disputa caso decida compor chapa com RC, desejo de Camilo.

O objetivo da deputada federal Luizianne Lins (PT) e do deputado estadual e presidente do PT de Fortaleza Elmano de Freitas (PT), porém, é de lançar candidato próprio. A definição fica nas mãos de delegados da base do partido municipal.

Fonte: O Povo

Mais notícias

25/09/2017
22/09/2017
20/09/2017
13/09/2017
veja mais