Notícias

15/03/2016 - Apoio aos órgãos de fiscalização

00:00 · 15.03.2016

Representante do Solidariedade na Assembleia, Fernando Hugo disse que as movimentações do domingo servem de lição para que todos os políticos de mandatos eletivos ou ocupantes de cargos públicos tenham, de agora em diante, a certeza de que o povo não aceita mais improbidade e corrupção. Ele ressaltou também a força do apoio que órgãos de fiscalização tiveram durante as manifestações do último 13 de março. O parlamentar ressaltou também que o País está carente de líderes políticos, lembrando, porém, que a maior figura pública da atualidade é o ex-presidente Lula a Silva.

Segundo Heitor Férrer (PSB), os que se manifestaram nas ruas estão em sintonia com o discurso de muitos políticos, ainda que estes sejam minoria nas casas diversas casas legislativas. De acordo com o pessebista, o recado das ruas demonstraram que o povo não tolera mais a inversão de prioridades.

Pelo tamanho do movimento, o parlamentar acredita ser muito difícil manter o status quo, haja vista que em eventos semelhantes, como Diretas Já e Caras Pintadas, mudanças estruturais ocorreram. "Existem péssimos indícios para a presidente Dilma, porque a quem as manifestações se contrapõem, ela sai vitoriosa".

Renato Roseno (PSOL) destacou que a mudança política é inadiável, visto que as pessoas não suportam mais o atual sistema de representação. Ele lembrou que boa parte das manifestações foi impulsionada por partidos políticos que foram rechaçados. "Há uma demonização da política e do atual sistema de representação. Por outro lado, abriu-se espaço que ainda não está ocupado, e pode ser ocupado por pessoas mais à direita, e nós lutamos para que esses espaços sejam ocupados por figuras democráticas".

Mais notícias

25/09/2017
22/09/2017
20/09/2017
13/09/2017
veja mais