Notícias

21/08/2015 - Cristovam diz que cidistas não agregam

O senador Cristovam Buarque (PDT) comentou, em passagem por Fortaleza, a possibilidade do grupo dos irmãos Cid e Ciro Gomes, hoje no Pros, migrar para seu partido. Para ele, os políticos não vão agregar sob o ponto de vista de novas propostas, mas, segundo o senador, a culpa não é deles, fazendo uma mea-culpa. “Do ponto de vista eleitoral, creio que aumentará o número de votos no Ceará. Do ponto de vista ideológico, acho que não vão agregar. Mas, aí, a culpa não é deles ao entrar, mas do PDT mesmo. Nós que estamos muito ruins. Os Ferreira Gomes não vão piorar”, salientou antes do lançamento de seu novo livro, “O Erro do Sucesso”, na Livraria Cultura.

Um dos ícones do PDT, Cristovam falou ainda do desgaste politico vivenciado pela presidente Dilma Rousseff. Segundo ele, as manifestações dizem claramente que o povo não aguenta mais e, portanto, a petista precisa mudar o diálogo e, para isso, Dilma precisa reconhecer seus erros. “Tem que reconhecer publicamente os erros que cometeu. Tem que dizer que o partido dela é o Brasil, e não o PT, nem o PMDB, nem o PDT. Ela tem de conversar com todos, até mesmo com a oposição. Se fosse dar um conselho para Dilma: diria que Dilma fosse Itamar dela mesma”, disse, comentando que o ex-presidente Itamar Franco veio de um impeachment e, em sua opinião, consegui fazer uma boa governança. E classificou como “lamentável” o envolvimento do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, em escândalo de corrupção.

Fonte: O Estado

Mais notícias

25/09/2017
22/09/2017
20/09/2017
13/09/2017
veja mais