Notícias

21/08/2015 - Confirmada a ida dos Ferreira Gomes para o PDT

ROCHANA LYVIAN

Da Redação

 

Está definido, segundo o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, o ingresso do grupo político dos Ferreira Gomes no partido. Em entrevista exclusiva ao jornal O Estado, Lupi assegurou que o que falta são apenas ajustes em alguns municípios, com relação à acomodação do novo grupo. O presidente nacional da legenda pediu ainda a reflexão por parte do deputado Heitor Férrer, que ameaça deixar o partido, com a ida do grupo cidista. Carlos Lupi, o presidente estadual da legenda, André Figueiredo, e lideranças de todo o Estado se reuniram, ontem, no Hotel Praia Centro, na Avenida Mosenhor Tabosa, para discutir questões internas.  Ainda hoje, a direção do partido irá se reunir, na Assembleia Legislativa, com o ex-governador Cid Gomes e a bancada do Pros.

“Está mais do que definido a ida do grupo para o PDT. Faltam apenas os ajustes locais, para tratar com os municípios”, assegurou Carlos Lupi. “Na verdade, tanto o Ciro e Cid já têm o PDT no coração há muitos anos e, nós, também os temos em nossos corações”, acrescentou o presidente da legenda, pontuando ainda que os ajustes vão ser concluídos hoje. “O PDT será um partido mais forte. E o PDT do Brasil também será fortalecido com essas lideranças do Estado no Ceará. Ciro e Cid são lideranças mais do Brasil, do que deste Estado”, concluiu o pedetista.

 

Heitor

Questionado sobre a possível saída do deputado Heitor Férrer do partido, e se seu ingresso em outra legenda seria uma perda para o PDT, Carlos Lupi respondeu que Heitor ainda não havia tratado com ele sobre o assunto e afirmou ainda ter “esperança” que parlamentar  reflita sobre a sua história dentro do PDT. “Esse partido construiu com ele uma história de luta. Ele é um homem de bem, honrado, e eu quero que ele faça uma reflexão sobre isso”, disse Lupi, acrescentendo: “A saída não é a melhor posição para ele”, justificando que Heitor tem de permanecer na legenda, para colher o fruto que ele plantou ao longo da sua história. Logo que iniciaram as especulações de que o grupo cidista iria migrar para o PDT, Heitor admitiu à imprensa que se a família Ferreira Gomes ingressasse na legenda, ele sairia do partido.

O presidente estadual da legenda, André Figueiredo, assegurou que ao ouvir, ontem, as lideranças do partido, há uma total “concordância” em receber os novos integrantes, caso o Pros delibere definitivamente migração ao PDT. “ Nós queremos fazer um projeto para o Brasil. Então, o projeto nacional  se sobrepõe a outros projetos. E, esses projetos, precisamos trazer pessoas de renome, de história e que não tenham máculas na sua vida publica”, afirmou.

Lupi reúne-se com Cid Gomes e aliados

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, reúne-se, hoje, a partir das 9h30min, com o ex-governador Cid Gomes e a bancada do Pros na Assembleia Legislativa. O encontro acontecerá no gabinete do presidente da Casa, deputado José Albuquerque (Pros). Nos bastidores, a informação é de que Lupi deve acertar alguns detalhes por conta da infidelidade partidária, tendo em vista que a ida do grupo já está acertada e será oficializada em breve. Integram a bancada do Pros, que é a maior da Assembleia, os deputados Zezinho Albuquerque, José Sarto, Sérgio Aguiar, Ivo Gomes, Robério Monteiro, Manoel Duca, Odilon Aguiar, Antônio Granja e Laís Nunes. Também eleitos deputados estaduais pelo Pros em 2014, os deputados Jeová Mota e Mirian Sobreira estão licenciados dos mandatos, pois atuam como secretários de Estado.

Fonte: O Estado

Mais notícias

25/09/2017
22/09/2017
20/09/2017
13/09/2017
veja mais