Na Mídia

04/10/2017 - Deputado questiona plano estratégico; aliados revida

O plano de desenvolvimento lançado pelo governador Camilo Santana esta semana foi tema de debate, ontem, no plenário da Assembleia Legislativa do Ceará. Deputados estaduais manifestaram opiniões diferentes e traçaram expectativas para o futuro do Estado sob olhar da Plataforma Estratégica de Desenvolvimento de Longo Prazo – Ceará 2050.
Embora considere “positivo” e “legítimo” o empenho do Governo em planejar o futuro, o deputado Heitor Férrer (PSB) cobrou soluções para ações “mais urgentes” em diversas áreas.

“É muito bom se planejar, mas o povo não pode esperar até 2050 para colher os frutos que podem vir deste planejamento. As pessoas não querem saber disso, elas querem políticas públicas para ontem”, frisou o parlamentar.

O parlamentar lembrou que, enquanto a vinda do hub “é muito importante para ligar o Ceará” ao cenário internacional e gerar recursos, o Estado possui elevados índices de violência, pobreza, falta de saneamento e desassistência à saúde. Heitor Férrer destacou, ainda, que o Governo cortou recursos de cirurgias da Santa Casa de Misericórdia. “Com o corte de verba do Estado, pelo menos 250 cirurgias deixarão de acontecer, e essas pessoas serão deixadas na fila para morrer”, lamentou ele.

Planejamento
O líder do Governo na AL, deputado Evandro Leitão (PDT), por sua vez, lamentou o posicionamento de alguns parlamentares de oposição a respeito do Programa Ceará 2050. Para o deputado, a sociedade brasileira passa por dificuldades “justamente” pela falta de planejamento no passado.
“Confesso que não esperava isso de alguém tão experiente e inteligente. O que Camilo vem fazendo é dialogar nos vários âmbitos para fazer um planejamento, buscando mais geração de empregos e renda”, pontuou ele, fazendo referência às críticas de Heitor.

“Gerações futuras”
Para Sérgio Aguiar (PDT), o plano “demonstra uma maturidade do governo ao olhar para o que devemos deixar para as gerações futuras”. Aguiar lembrou ainda que o planejamento em uma administração é fundamental.
“No caso de governos, é essencial para que haja um diálogo com a população, no sentido de garantir as demandas mais fundamentais, que só se concretizam no longo prazo”, disse ele.

Na avaliação do Dr. Santana (PT), a plataforma estratégica irá inspirar as próximas gerações de políticos. “Esse projeto nasce a partir de metas bem planejadas, à luz de uma realidade estudada, de um ponto de vista estritamente técnico e ouvindo atentamente demandas da população”, explicou o parlamentar.
Ele afirmou ainda que, seguindo essa estratégia, “ Ceará terá condições para viver uma fase de prosperidade nos próximos anos, à luz de uma realidade planejada onde iremos otimizar nossas forças e recursos naquilo que render mais benefícios ao Estado”. Entretanto, o deputado considerou que para o sucesso da estratégia é necessário a construção de um novo governo federal.

Fonte: O Estado

Mais na mídia

12/12/2017
12/12/2017
12/11/2017
12/11/2017
veja mais