Na Mídia

16/08/2017 - Heitor Férrer pede ao Prefeito: não feche serviço de mastologia

O deputado Heitor Férrer (PSB) apelou, na tribuna da Assembleia Legislativa, pelo não fechamento do serviço de mastologia do hospital “Gonzaguinha” de Messejana. Segundo denúncia dos servidores da unidade, o serviço será transferido para o Hospital da Mulher. Para Heitor, a política deveria ser a de desconcentrar a prestação do serviço, ampliando o atendimento. “A boa política, aquela que atende às pessoas, é a política descentralizada dos serviços. Quem está em Messejana faz a mamografia no seu próprio bairro.

Quantas pessoas deixarão de fazer essa prevenção quando da transferência desse serviço para o Hospital da Mulher? A concentração de serviço vai dificultar o acesso à prevenção do câncer de mama e fazer com que muitas deixem de detectar precocemente uma lesão maligna de mama que poderia ser tratada”, argumentou. De acordo com Heitor, o serviço é prestado há 21 anos no “Gonzaguinha” de Messejana na Regional VI, atendendo a 29 bairros da cidade e cerca de 600 mil pessoas. “Estou dando um grito em nome da sociedade cearense, em nome dos moradores de Messejana e de 29 bairros que são atendidos por esse hospital, para que autoridades de Fortaleza e especificamente os colaboradores do prefeito Roberto Cláudio na Secretaria da Saúde, tenham a sensibilidade de deixar esse serviço funcionar e que abra em outras regionais mais serviços de mastologia, porque vamos detectar o câncer de mama precocemente e impedir que as pessoas morram de uma doença altamente curável”, pediu. E mais: sua saída do PSB está confirmada. – Com Odorico, não fico, ressaltou.

Baderna! Anarquia! Ciro Gomes criticou o encontro de Temer com Raquel Dodge, futura procuradora geral da República, no Palácio do Jaburu, fora da agenda oficial do Presidente. “Perderam a noção, perderam a compostura. Essas coisas deslustram a confiança da sociedade nas instituições”. Segundo ele, Dodge não agiu com “ingenuidade”, mas com “despudor” e com “falta de acatamento do cargo”. “Isso é uma baderna, uma anarquia. A autoridade precisa ser restaurada no Brasil”.

Tem vagas
No TCM, pode abrir uma vaga a qualquer momento. No TCE, já há uma. A vaga do TCE é com a aposentadoria de Teodorico Menezes.
A outra
Ernesto Saboia estaria no TCM doido pra ir pro TCE. Só que o deputado Fernando Hugo também quer o lugar pra ele. Se Saboia sair pro TCE, fica vaga no TCM, mas o TCM acabou.
Conselheira
Iracema do Vale, desembargadora ex-presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, vai ocupar assento como membro do Conselho Nacional de Justiça.
QI
Iracema foi indicação do Supremo Tribunal Federal e seu nome foi aprovado por 10 votos a um para o Conselho Nacional de Justiça.
Eleição: como era
Juntei muita chapinha de papel com nome de candidato que era colocada num envelope, e daí, numa urna.
Que ganhava
Era eleito quem tivesse mais chapa na urna. Assim, em Sobral tinha onze vereadores, sem salários e entravam os 11 mais votados pela população.

Aí então…
Inventaram essa coisa de partido, coligação etc. e coisa e tal. Foi quando o Enéas, lembra dele? teve um zilhão de votos botou cinco dos dele pra dentro da Câmara.

Depois…
Veio o Tiririca e com seu zilhão de votos meteu uns três ou quatro paulistanos pra dentro da Câmara Federal. Parece que tem gente de pouco voto e pouca fé, querendo que continue.

Bom mesmo…
Porém, pergunto-lhe eu, não seria o caso de deixar o povo escolher seu cada qual na base da chapinha, quer dizer, os 22 do Ceará serem mesmo escolhidos pela população?

Fonte: O Estado

Mais na mídia

24/09/2017
25/09/2017
26/09/2017
25/09/2017
veja mais