Na Mídia

01/08/2017 - Comunicado: De volta aos trabalhos

-

A Assembleia retoma hoje as atividades habituais de plenário. E os deputados voltam ao batente com uma necessidade extra: assegurar ao cidadão e à própria instituição debates compatíveis com a gravidade de decisões que têm de tomar. Questão de compostura, pois. Há dois temas que exigem atenção especial: a segunda votação da PEC que extingue o Tribunal de Contas dos Municípios, para a qual já se prevê judicialização por parte da oposição; e a reconfiguração do sistema judiciário estadual, que, entre outras medidas, dá fim a 34 comarcas.

Quando baixaram a cortina da primeira temporada legislativa do ano, alguns deputados deram provas inquestionáveis de que não estavam inteirados dos textos do fim do TCM e da reforma do Judiciário. E indicavam de que votariam conforme o DNA ou a certidão de casamento.

8

Meses

São o período definido para as mentorias de projetos e empreendedores do Programa Corredores Digitais - Aceleração de Startups 2017, da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado.

34

Produtos/serviços

Em Tecnologia da Informação e Comunicação já foram criados no Ceará pelo Programa Corredores Digitais, que alia o conhecimento de jovens ao processo de incubação e no desenvolvimento de novos negócios.

"Pode ser que alguém se exceda nas discussões, mas é bom relevar, porque é o momento que vivemos"

Deputado Evandro leitão (PDT)

Sobre o nível dos debates com os quais a Assembleia Legislativa encerrou os trabalhos do primeiro semestre e admitindo que a retomada das rotinas do plenário, amanhã, pode abrir novo período de embates.

Nós e os outros

Os argumentos do autor da proposta do fim do TCM, deputado Heitor Férrer (PSB), vão se manter para a segunda votação - com base no fato de que só Bahia, Pará, Goiás e Ceará mantêm duas cortes de contas em paralelo. "Será que os outros 23 estados estão errados e nós corretos?", diz ele.

No cofre

Heitor conta com um atrativo especial na defesa da extinção do Tribunal de Contas dos Municípios perante os demais parlamentares e a sociedade: a economia de dinheiro público. Segundo ele, o TCM gastou R$ 126 milhões em 2016. Uma dinheirama nada desprezível.

A história na tela

Image-1-Artigo-2273806-1

Uma das atrações da Mostra de Cinema Chileno, atividade paralela ao Cine Ceará 2017, será exibida na próxima quinta-feira em Fortaleza, na Caixa Cultural (Avenida Pessoa Anta). É o documentário "Allende, meu avô Allende", que em 2015 foi aplaudido e premiado no Festival de Cannes (França). O filme retrata faces da vida familiar do presidente chileno Salvador Allende (1908-73, foto) e tem a direção da neta dele, Marcia Tambutti .

Fonte: Diário do Nordeste

Mais na mídia

24/09/2017
25/09/2017
26/09/2017
25/09/2017
veja mais