Na Mídia

26/07/2017 - Heitor Férrer rebate Ubiratan e diz que TCM virou ambiente fértil para o afilhadismo político

Sobre os comentários do ex-presidente do TCU, Ubiratan Aguiar, feitos neste Blog acerca da postura do deputado Heitor Férrer, autor da emenda que extingue o TCM, recebemos a seguinte nota do parlamentar socialista. Confira:

“Alegro-me em decepcionar o ex-ministro do TCU, Ubiratan Aguiar. Estaria eu preocupado se o estivesse agradando. A sua decepção com nossa postura em fundir dois tribunais de contas em um só, o que já ocorre em 23 dos 27 estados brasileiros, não pode agradar a quem, vindo de um desses tribunais, encarna o natural corporativismo.

Outro motivo da decepção, de fácil compreensão, reside no fato do ex-ministro ter uma filha ocupando um alto cargo comissionado, sem concurso público, no TCM, no valor de R$ 10 mil por mês.

Com o fim do TCM, ele certamente perde a mamata. Aliás, o TCM tem-se transformado, principalmente nos dias atuais, num ambiente fértil para a prática do compadrio e do afilhadismo político.

Sem mais,

*Heitor Férrer

Deputado estadual do PSB.

Fonte: O Povo

Mais na mídia

24/09/2017
25/09/2017
26/09/2017
25/09/2017
veja mais