Na Mídia

04/07/2017 - Políticos lamentam morte do empresário Airton Queiroz

Políticos cearenses lamentaram a morte do empresário Airton Queiroz, presidente da Fundação Edson Queiroz. O chanceler, que estava há 35 anos à frente da Universidade de Fortaleza, faleceu na madrugada de ontem, 3 de julho, no Hospital Monte Klinikum.

O governador do Ceará, Camilo Santana, decretou luto oficial de três dias pelo falecimento de Airton Queiroz e destacou a trajetória do empresário. “Um dos maiores empresários do País, teve uma trajetória de sucesso à frente do Grupo Edson Queiroz, onde deu continuidade à gestão humanizada e comprometida com o desenvolvimento do Estado, iniciada por seus pais Edson e Yolanda Queiroz. Dono de sensibilidade ímpar para as artes, deixa um legado valioso para as culturas local, regional e nacional”, disse Camilo Santana.

O prefeito Roberto Cláudio também decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do chanceler. RC lamentou a morte do empresário, destacando a sua importância para a economia, o ensino superior, para o mundo das artes e da cultura. “O chanceler Airton Queiroz deixa para o Ceará, para o País e para o mundo da academia, em especial, uma história de forte compromisso com o saber e a democratização do conhecimento, no mais alto sentido de ser universal”, enfatizou RC.

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira, chamou atenção para o legado que o chanceler deixa para as próximas gerações. “Mesmo com a responsabilidade de gerir ao lado da família um dos maiores conglomerados empresariais do país, dedicou seus esforços em prol da educação e da difusão cultural, por meio da Unifor, em suas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Deixa um legado de obstinação por extrair o melhor das pessoas, de voltar sua atenção para sua comunidade, de valorizar o que há de mais precioso em nossa existência, que é o conhecimento”, ressaltou Eunício.

A Câmara Municipal de Fortaleza manifestou solidariedade à família e aos funcionários do Grupo Edson Queiroz. O presidente da Casa, vereador Salmito Filho, disse que Airton Queiroz “foi um dos maiores incentivadores do ensino e da pesquisa em nosso Município” e que “esteve à frente da Universidade de Fortaleza durante valiosos anos de sua vida, incansavelmente dedicado à promoção da educação de qualidade em Fortaleza. O chanceler era sempre visto pelo Campus acompanhando de perto a rotina da Universidade”.

Na Assembleia Legislativa, o presidente da Casa, deputado Zezinho Albuquerque (PDT), decretou luto oficial de três dias em homenagem póstuma ao empresário e chanceler Airton Queiroz. “Inovação e modernidade marcaram sua administração. Airton Queiroz, natural de Fortaleza, deu continuidade ao trabalho de sua visionária família. Economista por formação, foi também um excelente gestor no campo da educação e das artes, sem esquecer de prestar importantes trabalhos sociais”, assinalou Zezinho Albuquerque.

Parlamentares da Casa também lamentaram a morte do empresário. O líder do Governo, Evandro Leitão (PDT), considerou uma grande perda para o Ceará. “Era uma pessoa que representava muito bem toda a sua família e desempenhava um grande trabalho à frente de uma das maiores universidades particulares do País”, afirmou.

Para o deputado Fernando Hugo (PP), o chanceler era uma figura exemplar na educação e na cultura. “Ele recebeu, pela Assembleia, todas as honrarias e viu a sua universidade ser laureada, por minha iniciativa, com uma comenda reconhecendo a Unifor como instituição exemplar. O deputado Odilon Aguiar (PMB) assinalou que o cearense perdeu um baluarte do conhecimento e da cultura. “Era um homem para além do seu tempo e nós todos devemos homenagem a ele, pelos avanços na qualificação de profissionais através da Unifor. É realmente uma perda irreparável.”

Heitor Férrer (PSB) avaliou que o “Estado fica mais pobre”, quando perde empreendedores “da estirpe” de Airton Queiroz. O Ceará, na opinião dele, deve demais à família Queiroz, iniciando com o legado deixado por Edson Queiroz. Já o deputado João Jaime (DEM) acrescentou que é uma grande perda para o Ceará e para o Brasil, porque Airton Queiroz foi um dos grandes empresários brasileiros.

Fonte: O Estado

Mais na mídia

24/09/2017
25/09/2017
26/09/2017
25/09/2017
veja mais