Na Mídia

27/06/2017 - Heitor defende retorno de Danilo ao comando do PSB

O deputado Heitor Férrer (PSB) defende o retorno de Danilo Forte ao comando da sigla no Ceará. Ontem, os políticos estiveram reunidos para discutir o cenário político partidário nacional e local, após destituição da presidência estadual do PSB. Caso Danilo seja reconduzido, o parlamentar, inclusive, anunciou que irá repensar sua intenção de deixar os quadros da legenda.
“Manifestei ao Danilo Forte nosso total apoio à reversão da decisão partidária de retirá-lo da presidência estadual. A situação do partido como está, já estou com um pé fora. Danilo sendo restabelecido à condição de presidente estadual, poderemos rever nossa posição” disse Heitor, acrescentando que “a forma como o partido procedeu na destituição nos decepcionou profundamente”.

No início do mês, Danilo recorreu à Justiça para reverter a decisão do presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, que o destituiu da presidência estadual da sigla, após votação a favor da reforma trabalhista na Câmara. A medida trata-se de “um mandado de segurança contra uma medida autoritária, monocrática, sem embasamento legal”.

Sobre o assunto, Heitor demonstrou solidariedade ao correligionário. “Estou inteiramente associado à luta judicial do deputado Danilo Forte, no intuito de reverter a decisão do partido que o destituiu da presidência do PSB local que construímos juntos” afirmou Heitor, presidente do PSB Fortaleza.

Férrer ressaltou ainda o diálogo sobre as convenções municipais já convocadas por diversos presidentes de comissões provisórias e diretórios nos municípios cearenses, que entre outras medidas demonstram solidariedade ao ex-presidente.
Pela assessoria de imprensa, Danilo agradeceu o apoio e ressaltou possuir um manifesto com mais de 80 presidentes do PSB nos municípios em seu apoio.

“Sou grato e fico feliz à solidariedade do deputado Heitor Férrer que junto chegou ao partido conosco em setembro de 2015. De lá pra cá trabalhamos para que o PSB passasse a existir no contexto local, participasse das eleições municipais, incluindo Fortaleza, onde defendemos o nome do próprio Heitor. E, agora não podemos voltar atrás. Seguiremos dialogando para que as decisões futuras sejam tomadas em conjunto neste novo jeito de fazer política no Estado a que nos propomos”, frisou Danilo Forte.

Equipe do jornal O Estado tentou entrar em contato com o deputado Odorico Monteiro, hoje presidente estadual do PSB, mas não houve retorno até o fechamento desta edição. Em maio deste ano, o parlamentar trocou a presidência do Pros pela do PSB. Na ocasião, ele informou que recebeu convite do presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, e que assumiu dentro das diretrizes do partido de ser oposição ao governo Michel Temer.

Destituído
No final de abril deste ano, o deputado Danilo Forte foi destituído do comando estadual do PSB, como punição por ter votado a favor da reforma trabalhista, na Câmara Federal, contrariando a orientação do partido. Além dele, outros três parlamentares, que presidem a direção partidária em seus respectivos estados, também perderam o cargo, por votarem a favor do governo.

Fonte: O Estado

Mais na mídia

24/09/2017
25/09/2017
26/09/2017
25/09/2017
veja mais