Na Mídia

22/06/2017 - Paulo Cesar Norões: Previsão de grana curta

-

Tempo passando e a promessa de uma reforma política profunda vai se esvaindo. Já falamos aqui: difícil um parlamentar aprovar mudanças que poderão dificultar, ou até mesmo inviabilizar, sua própria reeleição? Não por outro motivo a tal reforma, sempre lembrada, por vezes prometida, jamais sai na proporção que a sociedade espera. Nos últimos meses se falou em voto em lista fechada, 'distritão', cláusula de barreira e outras novidades. Percepção de quem atua nos bastidores do Congresso, porém, é de que, ao menos para 2018, não muda muito. Maior preocupação é como bancar as campanhas. Sem as doações de empresas, discute-se o financiamento público e limites para as doações de pessoas físicas e o autofinanciamento. O que parece certo, no entanto, é que aquelas campanhas milionárias que se via, nem pensar.

Não é candidato

A quantos o questionam sobre uma possível candidatura ao governo, em 2018, Roberto Cláudio não só descarta como reafirma o total engajamento na reeleição de Camilo Santana. RC quer cumprir o mandato e depois viajar com a família para uma temporada de estudos no exterior. "Quem quer alçar voos mais altos na política precisa estar sempre em busca de aperfeiçoamento", diz o prefeito.

Comparação

Enquanto governador Paulo Câmara anunciou liberação da 1ª parcela do 13º salário dos servidores das cidades atingidas pelas enchentes em Pernambuco - o que vai injetar, segundo Câmara, R$ 8 milhões na economia dessas cidades -, aqui, Camilo Santana, de uma tacada só, libera R$ 410 milhões para a 1ª parcela do 13º de todos os servidores do Estado. Dinheiro na conta no próximo dia 6.

Formação militar

Deputado Capitão Wagner (PR) sugere ao Governo do Estado unidades do Colégio da Polícia Militar em 11 municípios e uma do Colégio Militar do Corpo de Bombeiros em Iguatu. E destaca a contribuição dessas escolas na formação de crianças e jovens - não só filhos de membros das corporações - do ensino fundamental e médio, como já acontece em Fortaleza e Juazeiro do Norte.

Não quer

Nem o pedido de artistas como Caetano Veloso, Marisa Monte, Fernanda Lima, Letícia Sabatella, Lázaro Ramos, Fernanda Torres e Thiago Lacerda foi suficiente para convencer Joaquim Barbosa a ser candidato a presidente da República. Paula Lavigne, que organizou o jantar em torno de Barbosa, chegou até a brincar com o ex-ministro do STF: "Se o Bolsonaro for eleito, a culpa será sua!"

Mundo dá voltas

Curioso ver Joaquim Barbosa cortejado pela esquerda - senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) também estava no jantar. Ex-ministro, que chegou à Suprema Corte por indicação do então presidente Lula, foi tachado de reacionário ao mandar para o xadrez os "guerreiros do povo brasileiro" José Dirceu, José Genoíno, dentre outras estrelas petistas, no caso do Mensalão.

"Gasta-se R$ 2 mil por mês por preso, o que não se gasta na Educação, e ainda assim não se recupera. Saem pior do que entraram"

Heitor Férrer, deputado estadual (PSB), sobre o sistema Penitenciário do Ceará.

Tem mais...

Secretário André Costa, da Segurança Pública, é o convidado de hoje do Café com Debate da Associação dos Jovens Empresários de Fortaleza. 8h30, no Sal e Brasa Gold.

Ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, participa hoje da inauguração da Agência Regional do Trabalho do Shopping RioMar. Agência, entre outros serviços, emitirá carteiras de trabalho e habilitação para o seguro-desemprego.

Ministro Ronaldo Nogueira vai estar também no Pecém. Junto com o embaixador da Coreia do Sul, Jeong-gwan Lee, vai discutir as relações de trabalho na Siderúrgica e na ZPE.

Visita foi articulada pelo deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB), presidente da Frente Parlamentar Brasil-Coreia do Sul, na Câmara Federal.


Mais na mídia

24/09/2017
25/09/2017
26/09/2017
25/09/2017
veja mais