Na Mídia

31/05/2017 - Heitor detalha os pagamentos de créditos de ICMS a empresas em período eleitoral

O deputado estadual Heitor Férrer (PSB) destacou, nesta quarta-feira (31), na tribuna da Assembleia, os pagamentos de créditos de ICMS feitos pelo Governo do Estado, através do Fundo de Desenvolvimento Industrial (FDI), a algumas empresas durante a campanha eleitoral de 2014. De acordo com o parlamentar, no ano eleitoral, os créditos começaram a ser pagos somente a partir de julho, primeiro mês de campanha, conforme mostra o Portal da Transparência do Estado.

“Em 2013, o governo do estado pagou fevereiro, abril, maio, junho, julho, setembro e dezembro. Em 2014, começou a pagar em julho, justamente no período de início das eleições. Pagou alguns milhões às empresas que tinham direito de receber os incentivos fiscais porque a Lei estabelece isso há muito tempo. Mas por que o Governo retém esses pagamentos para pagá-los em ano de eleição? Wesley Batista disse por quê”, disse.

Heitor ressaltou ainda que pediu no Ministério Público Federal e na Assembleia Legislativa o afastamento imediato dos secretários Arialdo Pinho e Antônio Balhmann, citados nas delações. Na Assembleia, o requerimento foi lido na última terça-feira e poderá ser votado em plenário amanhã.

“Claramente a eleição do Camilo foi vitoriosa porque foi patrocinada pelo abuso do poder econômico e de dinheiro oriundo de corrupção, oriundo de propina. Por que é que o ex governador Cid Gomes ainda tem tanto poder? Só tem uma justificativa: porque detém o poder econômico. E nós sabemos exatamente de onde vem esse dinheiro: obras e pagamentos devidos pelo Estado por incentivos que voltam em forma de propina para bancar eleições no Ceará”, afirmou.  

Com informações Assessoria de Comunicação do Deputado Estadual Heitor Férrer (PSB)

Fonte: Ceará Agora

Mais na mídia

07/12/2017
07/12/2017
06/12/2017
06/12/2017
veja mais