Análises

29/10/2015 - COLUNA - Fernando Maia: O calvário de Dilma

Comentava, outro dia, na AL-CE um petista desencantado com os óbices anteposto aos projetos do PT e à presidente Dilma Rousseff, que, se ela, ao ser escolhida pelo ex-presidente Lula para sua sucessora, tivesse pressentido o calvário que terminaria enfrentando, talvez, dificilmente tivesse topado esse desafio. Dilma, apesar de toda a sua vivência no ativismo político clandestino, dá a impressão de que, naquelas circunstâncias, não teve condições de antever com que tipo de políticos teria que conviver para poder, um dia governar o país. Diante do crescimento incontido do PT, ela talvez tenha sonhado em governar apoiada no mais poderoso partido do País, capaz de sustentá-la sozinho, e, no máximo, coadjuvado por um partido “de segurança”, o PMDB. Mas os cálculos dela sofreram grave inversão: o gigantismo sonhado do PT murchou, à proporção em que o “coadjuvante” PMDB agigantou-se, assumindo, assim, a condição de sustentáculo maior do governo, do qual, aos poucos, afanou, sem nenhum pudor, o poder. Hoje, esse partido, cônscio de que é o último alento para a manutenção de Dilma na Presidência, parece apenas aguardar que ela seja despojada do mandato pelo Congresso, ou então, renuncie, para que ele, que se arvora de paladino da governabilidade, chegue, finalmente, ao Palácio do Planalto, com o vice-presidente Temer assumindo o poder. Só que, nesse caso, existe uma pesada “pedra no caminho”, que é possibilidade de o TSE cassar os registros de Dilma e dele. Mas aí, já será outra nada menos polêmica história...

Estratégias Ontem, em Brasília, o deputado Heitor Férrer (PSB), ao lado do deputado Vítor Valim (PMDB), esteve no gabinete do deputado Danilo Forte, na Câmara dos Deputados, com quem discutiu estratégias para a disputa da PMF-2016. A dupla está afinadíssima.

A propósito...
...da pré-candidatura de Heitor, ele deixa claro não se tratar apenas de um projeto pessoal, mas de uma prioridade do PSB nacional: a Prefeitura de Fortaleza.

Para o deputado...
...Elmano (PT), o uso de recursos retidos na Justiça proposto pelo governador Camilo é correto; a presidente Dilma sancionou projeto do senador Serra nesse sentido.

Palestra
Ontem, em Fortaleza, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot,  pronunciou palestra de abertura da Associação Nacional de Procuradores de Justiça.

Lava Jato
Janot deu informações e trocou ideias com os Procuradores de Justiça presentes àquele evento, para os quais destacou as ações do MPF na Operação Lava Jato.

Liderado...
...pela vice-governadora Izolda e pelo titular da Sejus, Hélio Leitão, um grupo do Ceará se acha no Uruguai, conhecendo ações que reduziram a violência naquele país.

Parceria
Acertado entre os presidentes do TRE, Abelardo Benevides, e da AL, José Albuquerque, o uso da estrutura da Assembleia para eventos da Justiça Eleitoral.

Fora, Cunha!
“Cria” dos manos Ferreira Gomes, o deputado Leônidas Cristino defende, via facebook, a derrubada do presidente da Câmara Eduardo Cunha,
inimigo deles.

Fim das...
...instituições! Se a área técnica da Câmara admitir o “impeachment” da presidente Dilma, ela fica “nas mãos” do “acuado” presidente Eduardo Cunha. ...
 

“Se Deus criou o negror das sombras, foi para melhor enfatizar a beleza da luz”. Cardeal Angelo Roncalli, papa João XXIII (1885-1963).

Fonte: O estado

Mais análises

14/06/2016
10/05/2016
09/05/2016
21/12/2015
veja mais