Análises

16/09/2015 - Fernando Maia: Negaças e mentiras de Dilma

O abismo em que mergulhou o segundo governo da presidente Dilma tem várias motivações. O senador Cristóvam Buarque (PDT) destaca a ignorância dela como gestora. Já o deputado João Arruda (PMDB-PR) cita a maneira como a presidente despreza a capacidade da maioria dos seus ministros. Tal desprezo tem sido extensivo ao Poder Legislativo. Mas o “pecado” mais grave no desastroso atual mandato de Dilma, tem sido a desenvoltura com que ela mente aos 200 milhões de brasileiros, talvez instigada por algum amigo maquiavélico. Como estratégia para se eleger, refreou artificialmente os preços de combustíveis, energia e telefone etc. jurando que não haveria aumentos de preços. Foi reeleita, e deu no que deu. Recentemente, garantia que não haveria novos tributos. Como se tivesse escrito “numa bacia de água”, quer de volta a CPMF, que seria destinada à saúde, mas, segundo o extravagante “pacotaço” de anteontem, será para tentar “salvar” a Previdência Social. Por conta deste “festival” de falácias, o mal-amado “pacote”, armado com os ministros Levy (Fazenda) e Barbosa (Planejamento) só conta com os aplausos dos banqueiros, por motivos óbvios. O caso mais recente, e que corrobora a mitomania da presidente é que, enquanto há poucos dias defendia uma alíquota de 0,20% para a CPMF, ela já fala em aumentá-la para 0,38%, podendo, assim, ter com o que “molhar a mão” dos governadores, que quer apoiando o indesejado tributo. A paciência de uma sociedade com a mentira tem limite, e esse limite já foi atingido.

Mais um O prefeito Átila Câmara, de Maranguape, é mais um a deixar o Pros. Realizando uma das melhores gestões do Estado, Átila ainda não confirma o seu ingresso no PDT ao lado dos Ferreira Gomes e grupo, embora tenha recebido convite da sigla brizolista.

Mistérios
O deputado Heitor Férrer (PDT), estranha o mistério mantido pelo governador Camilo e o Secretário Antonio Balhmann, a respeito dos resultados da viagem à China.

Sobre a...
...concessão do Porto do Pecém, que se comenta, Heitor indaga a quem interessa tirar da Ceará Portos a gestão do projeto bilionário formado com recursos do povo.

Não explicado
O Ceará, diz o deputado Carlos Mattos, que superava o País em termos de crescimento econômicos durante anos, desabou
para 5,2% negativos.
Como explicar?   

A migração...
...cada vez maior de africanos para o Ceará será motivo para uma audiência pública hoje, para debater o problema, na Comissão de Direitos Humanos da AL.

Como o tema...
...do momento são os fugitivos dos horrores da África, Haiti e países árabes, será inevitável que o assunto logo esteja na pauta do dia na AL e na CMF.

Paralisação
Um dos pontos mais preocupantes do “pacote” econômico de Dilma é o congelamento de salários dos servidores federais.
Uma greve geral será inevitável.

Na luta...
...pelo resgate do Centro de Fortaleza, o presidente da CMF, Salmito tem o apoio dos grupos de artistas, com o objetivo de devolver a alegria ao coração Cidade.

Não suporta
Para o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, o País espera que o Congresso rejeite mais essa agressão, a nova CPMF, que a classe média não suportará.

O deputado...
...Zé Airton (PT) coordenador da bancada federal do CE nega atritos com o colega José Guimarães, líder do governo, e que pretenda deixar o PT. Então, tá.

Fraudes
Para investigar nova onda de fraudes no Dpvat, o presidente da AL, José Albuquerque anunciou ontem a abertura de
mais uma CPI, na próxima semana.

“Se um governo quer gastar mais, que o faça emprestando da sua poupança ou, sem outro jeito, aumentando impostos”. Margareth Hilda Thatcher (1925-2013), primeira-ministra da Inglaterra de 1979 a 1990.

Fonte: O Estado

Mais análises

14/06/2016
10/05/2016
09/05/2016
21/12/2015
veja mais