Análises

04/12/2013 - Termelétrica será construída para abastecer Acquario

O Acquario Ceará está sendo construído na Praia de Iracema
Uma usina termelétrica composta por três geradores a gás natural e com um custo R$ 16 milhões, será construída para fornecer energia para manutenção do Acquario Ceará. A licitação foi vencida pela empresa Distribuidora Cummins Diesel do Nordeste Ltda e, depois de instalada terá potência de 1.400 quilowatt elétrico (kWe).

Assinado pelo Governo do Estado no último dia 11 de novembro e publicado no Diário Oficial no dia 27, o alto valor da obra foi questionado ontem pelo deputado Heitor Férrer (PDT), na Assembleia Legislativa.

Segundo ele, a construção da termelétrica para o Acquario do Ceará é mais um luxo que o Governo está fazendo com o dinheiro público. “Um luxo puxa o outro. Agora será preciso construir outro equipamento e com recursos do tesouro. A Coelce (Companhia Energética do Ceará) não consegue dar a segurança que o Governo precisa e isso gera outra despesa. O Estado resolveu construir um equipamento onde vamos ter que bancar tudo, desde a energia até a manutenção”, disse Férrer.

Garantias

O secretário do Turismo do Estado, Bismarck Maia, defende a construção do equipamento, pois, segundo ele, depois de construído, o Acquario do Ceará tem que estar seguro contra qualquer falha.

“Temos que ter a garantia de que se faltar a energia da Coelce, nós teremos outra opção, porque ali trataremos da vida marinha. Qualquer equipamento de grande porte como esse deve ter outra fonte de energia para qualquer necessidade”.

Bismarck enfatiza que a termelétrica será uma forma alternativa para a geração de energia para o Acquario. “Serão três geradores que vão fornecer energia limpa e dar segurança para o equipamento, que será referência na questão da preservação ambiental. “, comenta.

Sobre os valores, o secretário disse que a construção da termelétrica já estava prevista dentro do plano inicial da obra. Além da montagem em si, a empresa será responsável pela operação e manutenção da termelétrica pelo prazo de 30 meses, conforme está no contrato. O prazo pode ser prorrogado. A conclusão das obras para a construção da termelétrica devem ficar o segundo semestre de 2014.

Heitor Férrer disse que irá mandar a matéria para o Tribunal de Contas e pedir a revisão do certame licitatório. A Secretaria de Infraestrutura do Estado, através da assessoria de imprensa, informou que a obra está em andamento.

Números

16 milhões de reais será o custo total para a construção da termelétrica

 1.400

kWe será a produção de energia da termelétrica após instalada

 

Mais análises

14/06/2016
10/05/2016
09/05/2016
21/12/2015
veja mais